17 agosto 2006

Natal, cidade baitola

:P
Há um tempo atrás, estava eu prestes a dormir, quando foi anunciada na TV uma entrevista de um “hedonista”, um rapaz que gostava de andar nu, trabalhar nu e de outras putarias generalizadas. Curioso pelo tema tão interessante, me deu aquela vontade de dormir de pau duro e então resolvi ver a entrevista.

Bem, começou a entrevista e o cara disse que tinha ido a um hotel hedonista na Jamaica, onde “família” não entra e a sacanagem rola solta. Chegando lá, logo conheceu uma loura estupenda ! Depois de beijá-la e apertá-la, ele percebeu o volume no biquíni... sim, ele havia arrochado um homem... até aí tudo bem, hoje em dia isto não causa espanto em ninguém, mas aí a bichona disse que era brasileiro... e acreditem... de Natal ! Rapidamente me veio à mente: “Puta que o pariu, Natal está exportando travecos!!”

Realmente não sei se vocês já prestaram atenção para um fato intrigante nesta cidade: a quantidade de GAY que existe por aqui!! Quero esclarecer que não sou nem de longe um sujeito homofóbico! Mas não dá pra passar sem perceber que as bichinhas povoam os quatro cantos da cidade.

Analise bem os fatos abaixo e vejam se eu não tenho razão:

- Aqui em Natal “RAVE” é praticamente sinônimo de FESTA GAY. Acho que 90% dos frequentadores “gosta de queimar o óleo de freio”.

- Onde é realizado quase todos os anos o “MISS BRASIL GAY”??? Em Pelotas? Não! Podes crer, é em Natal mesmo !

- Qual o evento local que acontece todos os anos, sempre lota e um dia teve até direito a transmissão ao vivo pela TV Globo? É o “Baile das Quengas”, onde as bichas da cidade todinha se encontram. Sem falar nas enrustidas que vão só pra ver a entrada...

- Quem assistiu um filme chamado “O padre”? É sobre um padre que chega a paróquia de Liverpool e descobre que seu superior vive abertamente com uma mulher. Desorientado, ele é levado por seus próprios desejos homossexuais... o ponto alto do filme é quando um rapaz enraba o vigário, quase uma cena de sexo explícito!!! Aqui em Natal este filmaço ficou em cartaz quase dois meses com direito a casa cheia e faixa de “última semana” no extinto cinema Rio Verde! Aqui deve ter sido o único lugar do planeta onde “O Padre” quase batia “Titanic” em número de dias em cartaz...

Realmente não sei os motivos para tanta bicha. Deve ser a água ou o ar mais puro das Américas ou talvez até seja por causa da localização da cidade bem no “cú do elefante”... pra quem não suporta uma bichinha, é melhor mudar de cidade. Mas não venham defender a cidade, realmente vivemos numa CIDADE BAITOLA. Portanto não se espante se alguém por aí afora vier a dizer isto. Então, caros homens, não se estressem, depois do sal e do petróleo o RN exporta fresco. Tem viado pra dar, vender e emprestar!

* na foto, Danuza D Sales, famoso travesti potiguar

Nenhum comentário: