15 maio 2007

NATAL SOCIAL (7)

Fim de tarde na Avenida Rio Branco é uma "diliça"!!! Os vendedores ambulantes de comida invadem as calçadas e você, esfomeado que só a porra, não vai resistir.

Nada mais gostoso do que acabar o expediente e comer um espetinho de carne, acompanhado de uma "lapada" de cana! Afinal, hoje no centro da nossa querida Natal, pra onde você se vira tem um "morre em pé", aquele lugarzinho aconchegante em volta de uma churrasqueira, onde não existe cadeira.

Depois de esquentar as orelhas com a lapada de cana e forrar o bucho com aquele espeto de carne de procedência misteriosa, polvilhado com farofa amarela, coma um delicioso milho cozinhado! (quer uma dica? depois de comer todos os grãos do milho, dê uma chupada na espiga que sai uma água azedinha que é o que há de mais moderno!)

Depois disso tudo, a viagem de ônibus, mesmo se for pelo conturbado bairro do Alecrim, será maravilhosa, dá pra chegar em casa "jantado" e com a digestão feita!


Natal Social traz informações e dicas interessantes para a parcela da população potiguar que não tem plano de saúde e acorda cedo pra pegar ficha e se consultar no Walfredo Gurgel, com todo glamour e falta de ar de Silvinho Tonheira

4 comentários:

Homem-Areia disse...

Não seria prudente esquecer o tradicional amendoim confeitado da parada de ônibus em frente ao camelódromo. Garante pelo menos dois efeitos inusitados.

Biu do Olho Verde disse...

Rapaz, nunca ouvi ninguém falar em "milho cozinhado", mas sim "milho cozido"... Reveja aí suas fontes.
Fora isso os de responsa têm também milho assado na brasa. Que por sinal é ótimo quando vc tá com pressa e sem querer encosta na latinha quente na passagem... Xuou de bola.

Anônimo disse...

ômi, fale "milho cozinhado" q o povo entende do mesmo jeito...

Sebastián Pitombeiras disse...

tirado do Orélio:

COZINHADO
s. m.,
alimento preparado ao lume;
adj.,
que se cozinhou.

Una pra vc!!! :P