24 outubro 2007

Caminhada

Hoje consegui vencer a inércia e fui fazer uma caminhada, pra ficar mais bonito e saudável... daí comecei a reparar nas pessoas, principalmente as mais velhas, andando igual a zumbis, na esperança de ganhar uns anos de vida a mais. Me comovi. Tinha até um velhinho bem rapidinho, mas tão baixinho e entroncado que só me lembrei do Donkey Kong correndo no videogame da Nintendo! Deixei a comoção de lado.

Mas acontece que aí, sem querer querendo, comecei a ouvir pedaços de conversa cada vez que passava por um grupo conversando na caminhada... descobri, por exemplo, que “Fabrício deixou a véia” e que uma senhora tinha extraído um furúnculo da bunda!

Mas a conversa mais interessante que ouvi (na verdade foi só uma frase) foi dita por um senhor a outros dois atletas:

cachorro brabo mesmo é aquele que morde de olho fechado”.

Sabe, se eu fosse escroto, parava a caminhada só pra perguntar pro sujeito como ele sabia disso! Na verdade, achei que seria justamente o contrário, que um rottweiler brabo, com seu olhar "sanguinolento", fazia questão de olhar o sofrimento da pessoa se fudendo...

Mas se eu fosse mais escroto ainda, eu faria uma destas três perguntas:

- E os que mordem de olho aberto? A mordida não dói?
- Se eu estiver levando uma mordida, é só verificar se o cachorro está de olho aberto e mandar ele parar? Afinal, deve ser manso...
- E você dá o cu de olho aberto ou fechado?

Na verdade, adoro essas conversas merdas sem sentido, me lembrou muito um amigo meu...

Um comentário:

galegodecampina disse...

Posso saber quem? ;)