28 março 2009

Desinformação turística (7): Ponta Negra

Semana passada um leitor do blog me perguntou porque eu ainda não havia feito a "desinformação turística" da praia urbana mais famosa de Natal (Ponta Negra). Talvez porque eu tô sempre falando de Black Point em postagens sobre raparigas e assaltantes, deve ser isso.Mas aí o lugar é tão bacana que eu resolvi atender o pedido e fazer a postagem sobre a praia que "de dia é Ponta Negra e de noite é Black Point". Então lá vai:

01 - A localização. Todo mundo quer saber onde fica o "Morro do Careca". E também onde mostrar o careca.


02 - A praia. Mas uma coisa a gente tem que admitir: a praia é limpa, como podemos ver nesta reportagem: Escadaria da Praia de Ponta Negra vira esgoto a céu aberto


03 - A gastronomia. Existem também várias opções para quando bater a fome ou quiser se refrescar, como nas fotos abaixo. Além do famoso côco, tem churrasquinho, picolé caseiro, coxinha de frango e caipirinha.


04 - Os frequentadores. Como todos sabem, a praia é cheia de turista estrangeiro. A maioria deles são integrantes de tradicionais e ricas famílias européias, como podemos concluir só de olhar para o turista escandinavo abaixo:


05 - As putas.
Claro que não poderíamos deixar de falar das meninas, que são a "mola propulsora" da economia local. Elas podem ser encontradas em toda parte, na orla, nas esquinas, no meio da rua, nos bares, restaurantes, hotéis e pousadas. De noite ou de dia, tanto faz. Mas se você não achar nenhuma dando bobeira, pode pedir uma pra qualquer taxista que ele vai buscar.


* Esta postagem é em homenagem ao leitor e colaborador Areia de Cemitério, um dos maiores entusiastas da vida diurna e noturna da praia.
* Quer relembrar as outras postagens da série? Clica aqui.

Nenhum comentário: