18 janeiro 2011

RN Urgente: o cachorro delinquente

(Fonte: Diário de Natal, 16/01/2011)

Como não tinha curso superior, o cachorro ficou em cela comum, na companhia de um papagaio e um gato angorá que dormia lá em regime semi-aberto. Os advogados do cachorro já impetraram um habeas caninus.

Um comentário:

Carlos Augusto [Floyd] disse...

Juiz determina?? Fiquei sabendo que foi um cavalo que deu a sentença...