16 abril 2011

Natal URGENTE: o Padre incendiário

(Fonte: Tribuna do Norte, 12/04/2011)


A guerra contra o aumento do preço da gasolina na cidade chegou a níveis insuportáveis, a ponto de até a Igreja Católica jogar mais lenha na fogueira... quer dizer, fogo nos tanques! O Papa Bento XVI, ao saber dos acontecimentos, repreendeu (em nome de Jesus) o padre incendiário, emitindo a seguinte nota de repúdio:

"A Igreja Católica, representada pelo Papa Bento XVI, vem esclarecer que não concorda com as declarações do Padre ou qualquer outro ato de violência praticado contra pessoas e/ou bens. A violência não resolve nada e a época da inquisição já acabou. Com relação aos preços dos combustíveis de Natal, a Santa Sé entende que os fiéis tem o livre arbítrio de serem roubados  voluntariamente ou procurarem os postos com preços mais baratos"

Papa BENTO XVI.

Nenhum comentário: