04 maio 2011

Resultado da enquete

A primeira enquete do Pitombas acabou! Foram fantásticos 22 votos (excluindo o meu próprio fica 21... rá!) pra saber qual o maior programa de índio para se fazer em Natal.

O grande campeão foi "visitar o shopping midway mall no domingo à tarde", realmente uma bosta de programa. Mas, logo abaixo, eu falo de cada um deles. Se você não mora aqui, fique à vontade para experimentar. Depois não diga que nós não avisamos.


Qual o maior programa de índio para se fazer em Natal?

1) Ir ao Shopping Midway Mall domingo à tarde - 10 votos (45%) 

O maior programa de índio da cidade, segundo os nossos leitores, é ir no Shopping Midway Mall no domingo à tarde. Também pudera. Visitar este local no domingo é garantia de chateação, tanto pelo número de carros tentando entrar ao mesmo tempo (alguns alvoroçados buzinando) quanto pelo número de pessoas circulando nos corredores (que inclui a galera que veio de ônibus). É um local pitoresco. Tem supermercado popular no primeiro piso, assim como restaurantes e teatro high society no terceiro.  No meio dessa diversidade social, você ainda corre o risco de encontrar gente desocupada, como torcedores do ABC que arranjam briga com torcedores do América (e vice-versa) dentro do estabelecimento (veja foto ao lado). É uma emoção só.

2)  Comer ginga com tapioca sentindo o cheiro de merda da Praia da Redinha - 5 votos (22%)

Ginga é o nome que se dá a um peixinho fuleira que é frito em óleo de dendê, que servido junto com uma tapioca vira a fantástica iguaria chamada "ginga com tapioca" (é nada!?). O prato já é ruim por si só (há lugares que dão grátis um sonrisal), mas se você comê-lo na praia da Redinha (lugar onde foi inventada), ainda tem o prazer de sentir cheiro de merda  combinado com peixe podre. Uma "diliça".

3) Assistir ao clássico América x Alecrim comendo churrasquinho com farofa - 3 votos (13%)

Na verdade, qualquer jogo do campeonato estadual é praticamente sinônimo de "pelada". E assistir a um clássico local do Mecão x Periquito é garantia de pelada com estádio vazio. Pra esquecer do jogo que você inventou de assistir, só mesmo pedindo churrasquinho com farofa. É aquela velha história: "já que está no inferno, agarre-se com o cão".

4) Andar de Dromedário na Praia de Genipabú - 2 votos (9%)

Se você não tiver com o que gastar o seu dinheiro, vá brincar de árabe passeando em cima do lombo de um dromedário na praia de Genipabu. A única emoção desta brincadeira sobre as dunas é você flagrar um dromedário dando uma cagada na areia. E cuidado pra não pisar em cima.

5) Assistir ao show da Banda Grafithi no Morro de Mãe Luiza - 1 voto (4%)


O que dizer de uma banda que tem como hit "a dança da motinha" (Gatinha, gatinha / quero ver você fazer a dança da motinha / Rum, rum, rum, rum, rum / pra quê tirar essa onda de menina patricinha / quando ouve o som da moto fica toda assanhadinha). Não quero nem imaginar como se dança.


6)  Visitar o maior cajueiro do mundo em pleno meio dia - 1 voto (4%)

 Já disse uma vez que é uma grande merda  você visitar um cajueiro gigante: é a mesma coisa que ver um bocado de cajueiro bem juntinho!

Um comentário:

Carlos Augusto [Floyd] disse...

Se você sair de um "show" do grafiti sem levar uma peixerada ou um tiro você entra na categoria "ninja Junior"