08 abril 2013

O cidadão médio potiguar


Eu que vivo nesta cidade há mais de 30 anos, posso dizer que conheço bem o cidadão potiguar. Como bom observador que sou, dotado de uma mente totalmente voltada para a ironia (e que vez por outra vai para o mais duro sarcasmo), posso traçar, com propriedade, o perfil do que seria o CIDADÃO MÉDIO POTIGUAR.  

Um "cidadão médio" é tipo um "sujeito padrão", que faz parte de uma maioria que gosta de seguir... os padrões de comportamento da maioria. Um "cidadão médio" não pensa sozinho, apenas absorve uma série de características e valores pertencentes a um determinado grupo, e assim se sente confortável. Como por exemplo, ele não usa um tipo de calçado ou roupa porque gosta, e sim porque todo mundo usa. Diante desta minhas observações, veja se você, que está lendo este blog, não conhece um bocado de gente nesta cidade que pensa deste jeito?

O CIDADÃO MÉDIO POTIGUAR:


1. Diz que aquela porra de micareta chamada Carnatal é a maior do universo e acha isso ducarai

2. Tem certeza que quem não gosta de micareta não sabe se divertir ou é algum "rockeiro doido".

3. Jura que não há cidade melhor no Brasil para se morar só porque aqui tem meia dúzia de praias bonitas. 

4. Diz aos quatro cantos que Ponta Negra é a praia urbana mais linda do Brasil e acha que visitar o maior cajueiro do mundo na praia de Pirangi é um programa inesquecível. 

5. Acha que ir à praia de Pipa de vez em quando automaticamente o torna uma pessoa "descolada" (mas no fundo só começou a frequentar quando soube através dos amigos que a praia era um lugar bacana).

6. Não perdem um show de forró ("porque todo mundo vai, ora") e sempre justifica sua ida a vaquejadas por causa das "boyzinhas".

7. Gosta de tomar uma cerveja com os amigos com a porta do carro aberta e o som estrondando (forró ou uma "suingueira" qualquer) para, assim, atrair umas quengas como se fossem moscas. 

8. Em geral só começa a ir a certos lugares depois que eles ficam "bem frequentados" (leia-se "frequentados pela high society"... afinal fazer parte dela é um objetivo de vida)

9. Sonha em possuir uma caminhonete 4x4 tipo Hylux, Frontier e merdas similares... e quando finalmente consegue caga sangue pra pagar as 96 prestações

10. Adora sair uniformizado com camisas Hollister, Aeropostale, Abercrombie e outras com números gigantes e cavalos, só pra se sentir "in" na sociedade.

11. A grande maioria sonha em ser funcionário público e tem isso como um objetivo de vida. 

12. Tem certeza que passar um mês em uma casa de praia em janeiro, conhecido como o "veraneio", é a coisa mais fantástica do planeta. 

13. Considera o Camarões o melhor restaurante do mundo. Em segundo lugar vem o Mangai (falam com propriedade, como se conhecessem vários restaurantes pelo mundo afora)

14. Tem convicção que a praça da alimentação do Shopping Midway é maior do Brasil... e tem um orgulho danado disso!

15. Por causa de sua ignorância política, tem a pior classe política do país (dominada há décadas por 3 famílias), elegendo sempre as mesmas pessoas ou seus parentes!


Um comentário:

Camilo disse...

Em alguns pontos, embora baiano, me senti cidadão potiguar; tenho orgulho de nossa história e a exalto sempre. Os americanos fazem isto com seus filmes, os franceses também. Até o Diabo anda dizendo que o Inferno não é ruim...a questão é quando este amor à terra em que se nasce não se propaga, torna-se estéril. Deixar um grupo de indivíduos governar o lugar que amamos? Isto não é amor. Isto é ser Maria-Vai-Com-As Outras.