04 novembro 2015

O fim do Calypso

Nas semanas que se passaram o assunto mais comentado nas redes sociais, chegando aos trending topics mundial do Twitter por 3 semanas seguidas e serviu de reportagem especial do Fantástico (que durou mais que a morte de Ayrton Senna), foi o chifre que Chimbinha passou em Joelma, seguido da comoção geral pelo fim da banda Calypso.  E aí, quando tudo estava ficando morno, eis que vem o "após-calypso" depois que a mossoroense chamada Thábata Mendes assumiu os vocais da banda de Chimbinha (depois do abalo de Thábata, o dólar disparou ainda mais, os investidores estrangeiros fugiram do país, o conflito na Síria se agravou e um colega meu punheteiro disse "agora virei fã da banda nesse carai").
Eu nunca fui fã do Calypso e achava a dupla Joelma-Chimbinha feia demais... mas como sou fã de mulher bonita, fui a Mossoró dar os parabéns a minha amiga Thábata. Quem se importa se ela canta melhor ou pior que Joelma? 

Na foto, Sebastian Pitombeiras, o editor do blog, e a cantora

"Não achei graça nenhuma"

Nenhum comentário: