31 janeiro 2016

Quem não gosta de tirinhas?


E de repente...


Não é por 30 centavos!

Notícia sobre o aumento da passagem de ônibus:


Pare de prestar atenção no preço da passagem e observe as coberturas das paradas de ônibus da cidade. Elas combinam perfeitamente com o estado de conservação dos ônibus... e aí você chega à conclusão de que R$ 2,90 de cu é rola! Passe Livre para todos já!!! 

28 janeiro 2016

Jornalismo chibata

E de repente colocaram o estagiário para concluir a matéria sobre o homenagem a boate Kiss... 


* Flagra da leitora Rossana, que deu um print na tela. Alguns minutos após, trocaram a imagem. 

27 janeiro 2016

Curta e compartilhe!

Essa campanha faz gosto de aderir! 


Eu que moro aqui há mais de 30 anos, nunca vi uma coisa dessas, uma cidade inteira na mão dos bandidos. E olhe que Natal já foi considerada a capital mais tranquila do país! Por isso, bote fé e passe pra frente esta campanha! E antes de sair de casa, reze um "Pai nosso".

23 janeiro 2016

Jornalismo chibata!

(Fonte: Tribuna do Norte, 20/01/2016)

Eu simplesmente adoro quando o jornal coloca uma foto que não tem nada a ver com a notícia:


Essas pessoas da foto são funcionários do Banco do Brasil chamuscados?

14 janeiro 2016

A arte de Carlinhos-punhos-de-rede

E eis que de repente nosso artista plástico, cartunista, desenhista, músico e colaborador Carlinhos Punhos-de-rede voltou!!!




* Quer ver as outras colaborações do nosso artista? Clica aqui

O internauta quer falar

O ano mal começou e este já concorre ao melhor comentário na internet em 2016: 


Sem mais.

05 janeiro 2016

Notícia sobre o futebol do RN

(Fonte: Tribuna do Norte, 04/01/2016)


E o que será que ele disse nesse megafone?


Eu tava lá e ouvi. 

Desinformação turística (parte 14): Hotel Reis Magos

Este é o grande e imponente Hotel Reis Magos, verdadeiro cartão postal da Praia do Meio:


Vale a pena a visita. De preferência rápida e passando de carro. 

Roteiro Gastronômico de Natal: Restaurante Bari Palesi

Você está voltando do litoral norte ou da Praia de Ponta Negra e bateu aquela fome dos diabos? Para e entra aqui:


Aqui eles servem o filé a parmegiana mais aloprado da paróquia. Desde pequeno que de vez em quando vou aí e o tamanho não muda: o filé vem em cima de uma verdadeira montanha de macarrão. Dá pra umas 4 pessoas tranquilamente. E pra desentupir, nada melhor do que tomar uma coca-cola. Uma diliça! 

ps: na terça, o chopp é triplo.

* O Roteiro Gastronômico de Natal não é gaiatice. Veja as demais postagens da série aqui.

A grande metrópole chamada Natal (parte 16)

A Prefeitura de Natal já iniciou em 2016 o seu serviço de jardinagem pra cortar os matos dos canteiros e praças da cidade:


Natal URGENTE: furto de camisas

(Fonte: Portal BO, 03/01/2016)

Não há muito o que comentar. Apenas resta saber se esta camisa foi devolvida à loja. Na dúvida, não comprem camisas roxas pelos próximos dias. 

Roteiro gastronômico de Natal: Hula hula

Está na praia de Ponta Negra? Não deixe de tomar a "Batida do Hélio" ou "Hula hula". 


* O Roteiro Gastronômico de Natal não é gaiatice. Veja as demais postagens da série aqui.

Desinformação turística (parte 13): a escadaria de Mãe Luiza

Depois que uma forte chuva provocou um triste desmoronamento de parte do Morro de Mãe Luiza (veja reportagens da época aqui), a Prefeitura de Natal em convênio com a rede de Fast Food McDonalds construiu uma bela escadaria de acesso ao morro:


Sigam estes arcos amarelos e lá em cima você encontra uma lanchonete:


Motorista da semana (parte 73)

E o primeiro JUMENTO MOTORIZADO do ano vai para...


O cara vem desfilando pela Via Costeira com seu 4x4 e de repente resolve parar pra tomar uma brisa do mar... e como não tem lugar próximo pra estacionar, deve ter pensado "vou parar ali em cima daquela faixa vermelha".

ATENÇÃO JUMENTO: o nome desta faixa vermelha chama-se CICLOVIA. CI-CLO-VI-A

Cidade galada

Pra iniciar bem o ano de 2016, uma imagem enviada por uma leitora que bem resume o que muita gente pensa sobre esta cidade:


Do dicionário informal:

Galado é uma palavra riquíssima da gíria potiguar. Dependendo do contexto e da entonação da frase que contem a palavra galado, muitas interpretações podem surgir. Galado pode ser algo engraçado, hilário. "que bicho galadooo!" é uma expressão comum em Natal, para designar uma figura engraçada, hilária, que acaba de "fréscar", ou seja, fazer uma brincadeira.
Pode ser também um adjetivo pejorativo, como por exemplo na frase: "Esta mulher não passa de uma galada!", que quer dizer que a mulher não presta. 


- FELIZ 2016 -